Projetos

Esta experiência tem sido construída junto a empresas de diversos setores:

  • Empresa do setor de fertilizantes querendo rever seus fluxos logísticos na busca de maior eficácia;
  • Grandes exportadores de commodities revisando modelo operacional de exportação (com quais portos operar no exterior, e que rotas utilizar nos continentes de destino);
  • Grandes grupos privados avaliando atratividade de investimentos em infraestrutura;
  • Empresas de energia avaliando a logística de novos negócios (Etanol, Biodiesel, ...);
  • Governos buscando integração física e econômica dos estados através da revisão da logística de transportes;
  • Multinacionais buscando novas opções de operação logística com portos marítimos e fluviais.

Durante todos os projetos dos quais participou, a Macrologística se posicionou como um verdadeiro parceiro de seus clientes e, dentro deste espírito, demonstrou um cuidado especial em sempre desenvolver metodologias e soluções customizadas às necessidades específicas de seus parceiros. Outro ponto de atenção da Macrologística tem sido a transferência contínua de “know-how” durante os projetos, a forma mais bem sucedida de garantir perpetuidade dos benefícios alcançados.

Alguns projetos da Macrologística.

Brasil Infra

  • Estudo de viabilidade econômica-financeira e assessoria na implantação de um Terminal para Exportação de Etanol com capacidade para 12,0 milhões de m3/ano.

Exportação de Álcool

  • Consultoria na área de logística para a determinação das áreas e sistemas de logística mais competitivos para a exportação de álcool.

International Paper

  • Definição da logística mais adequada para a exportação de papel e celulose.
  • Identificação de terminais portuários.

Fosfertil

  • Maximização da margem de contribuição com revisão de fluxos de fertilizantes e seleção de mercados mais atraentes e adequação da logística.
  • Decisão de localização de investimentos de USD 1 bi, de forma a minimizar custos logístico-tributários.

ACBL

  • Determinação de sistema de logística envolvendo a utilização da hidrovia do rio Paraná para transporte de bobinas de aço.
  • Projeto, estudo de demanda, viabilidade econômico-financeira de um Porto Fluvial em Cáceres- MT, para operar com grãos, fertilizantes e combustível com capacidade para 5,0 milhões de toneladas/ano.

U NECOM

  • Estudo de demanda e viabilidade econômico-financeira de um Terminal Alfandegado de Interior (EADI) em Minas Gerais.

ARACRUZ

  • Projeto de ampliação, estudo de demanda e viabilidade econômico-financeira de um porto de celulose.

CEAGESP - SP

  • Projeto básico e detalhado, construção e montagem de equipamento eletro-mecânicos com capacidade para 100 t/h para silos de 7.200 toneladas, nas cidades de Taquarituba, Itapeva, Ourinhos e Assis.
  • Projeto básico e detalhado, construção e montagem de equipamento eletro-mecânicos com capacidade para 500 t/h para silos horizontais de 20.000 toneladas, nas cidades de São Joaquim da Barra e Araraquara.

Agroinmoca-Venezuela

  • Projeto básico e detalhado, construção e montagem de uma indústria de desidratação e pelletização de mandioca na Venezuela.

Andrade Gutierrez

  • Estudo e avaliação das concessões do setor ferroviário brasileiro para identificação de possíveis oportunidades de investimento.
  • Estruturação de modelo econômico -financeiro para avaliação ferroviária.

Palmat Internacional

  • Assessoria técnico-comercial para identificação de oportunidades de investimentos no Brasil na área de logística.

Lachmann

  • Avaliação de alternativas logísticas de exportação dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Sul Competitivo

  • Sul Competitivo - Elaborado para as Federações das Indústrias do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul (Fiep, Fiesc e Fiergs) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o projeto Sul Competitivo, estudo detalhado das atuais condições da infraestrutura da região.

Mitsubishi

  • Avaliação das oportunidades de investimento no sistema de Terminais dos portos brasileiros.

Votorantim

  • Otimização da logística internacional para o continente Europeu.
  • Estruturação de processos e ferramentas para definição de rotas para o transporte de mão-de-obra para a atividade florestal.

Fosfertil

  • Maximização da margem de contribuição com revisão de fluxos de fertilizantes e seleção de mercados mais atraentes e adequação da logística.
  • Decisão de localização de investimentos de USD 1 bi, de forma a minimizar custos logístico-tributários.

Ação Pro-Amazônia

  • Plano Estratégico dos Sistemas de Logística, demanda e viabilidade econômico-financeira da região norte do Brasil abrangendo 9 estados

Grupo ambitec

  • Projeto de concepção, estudo de demanda e viabilidade econômico - financeira de um porto marítimo situado em Barra do Riacho-ES .

Monagas - Venezuela

  • Projeto básico e detalhado, construção e montagem de uma indústria de desidratação e pelletização de forragem na Venezuela.

Aracitrus - SP

  • Projeto de viabilidade econômica e financeira, projeto básico de uma indústria de suco de laranja concentrado para 6.000.000 de caixas/ano em Araraquara-SP.

CIBRAZEM Companhia Brasileira de Armazenagem - Brasília

  • Projeto básico e detalhado, construção e montagem da primeira etapa de uma unidade completa para armazenagem de cereal, com capacidade para 500.000 ton de capacidade estática, com fluxo de recepção de 1.000 t/h e fluxo de secagem de 1.200 t/h na cidade de Ponta Grossa-PR.

NIDB

  • Estudo de oportunidades de investimento em infraestrutura do Brasil.

Global

  • Avaliação de alternativas de logísticas para carga de cabotagem na indústria petroquímica.

Norte Competitivo

  • Norte Competitivo - Eladorado para a CNI, num trabalho em conjunto com a Ação Pró-Amazônia - associação das Federações das Indústrias dos nove estado da Amazônia Legal (Mato Grosso, Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins) -, o projeto fez uma análise da realidade da infraestrutura de transporte da produção de toda a Amazônia Legal.

Projeto Centroeste Competitivo

  • Elaborar o PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTE E LOGISTICA DE CARGAS da Região Centro-Oeste, incluindo os Estados de Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, de forma a atingir os seguintes alvos estratégicos: